Notícias

Tamanho da FonteDiminuir FonteAumentar Fonte
Quarta-feira, 03 de Dezembro de 2014 - 10:28
Imprimir

Turquinho estreia com derrota no Jungle Fight

O porto-felicense enfrentou o representante do estado da Bahia, José Aparecido Santos Gomes, conhecido como Zeca Predador
Turquinho estreia com derrota no Jungle Fight
Turquinho estreia com derrota no Jungle Fight
Ampliar
Turquinho estreia com derrota no Jungle Fight
Turquinho estreia com derrota no Jungle Fight

Alexandre Turquinho, da Team Maldonado, perdeu em sua estreia no Jungle Fight. O evento de MMA, considerado o maior da América Latina, foi realizado no dia 29, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, no qual o porto-felicense enfrentou o representante do estado da Bahia, José Aparecido Santos Gomes, conhecido como Zeca Predador, em um combate válido pela categoria dos pesos médios (até 84 quilos). O resultado ficou na mão dos juízes, onde, por decisão dividida, foi dada a vitória ao Predador.

O representante de Porto Feliz já entrou na disputa com um ponto a menos, pois na pesagem, ele excedeu 200 gramas do estabelecido para sua categoria, sendo penalizado com a pontuação e 20% a menos em sua bolsa.

No primeiro e no segundo rounds, não aconteceram grandes sequências de golpes, porém, Alexandre Turquinho ditou o ritmo, tentando quedar por diversas vezes o adversário, que se defendia muito bem. Já o terceiro round foi dominado pelo atleta da Team Maldonado, que conseguiu aplicar uma boa queda e manter Predador no chão por boa parte do assalto. A escolha do vencedor ficou na mão dos juízes e, por decisão dividida, a vitória foi dada ao Zeca Predador.

Turquinho agradeceu ao público e prometeu melhores resultados nos próximos combates. "Primeiramente, gostaria de agradecer minha família, minha noiva Graziela, à equipes Team Maldonado e à Pitbull Brothers, que me recebeu de braços abertos", disse o lutador, referindo-se ao período de treinos intensos pré-luta que ele passou na equipe de Natal. "Agradeço, de coração, também a todos que torceram por mim, vocês não imaginam o quanto eu fiquei feliz em ver a quantia de pessoas de Porto Feliz e de outras cidades que torceram e vibraram por mim. A vitória não veio, mas minha caminhada continua, não vou me abalar com essa derrota. Voltarei mais forte e mais focado ainda", garantiu.

Fonte:  Jornal Ipanema

Comentários

Voltar