Notícias

Tamanho da FonteDiminuir FonteAumentar Fonte
Sexta-feira, 15 de Outubro de 2010 - 20:53
Imprimir

Saiba quem são os homenageados pelos vereadores

Saiba quem são as pessoas que receberam o Título de Cidadania Portofelicense, Cidadania Honorária, Policial Padrão e os Servidores Públicos Padrão que receberam súas homenagens no dia 7, em Sessão Solene da Abertura Oficial da 55ª Semana das Monções.

Títulos de Cidadania Portofelicense

Benedito Raimundo Batista
Indicação do vereador José Antonio Queiroz da Rocha
Benedito Raimundo Batista, natural de Itajubá, Minas Gerais, nasceu em 11 de janeiro de 1948 e é casado com Maria Gessy Duarte, sendo que o casal tem dois filhos e duas netas, todos residentes em Porto Feliz. Começou a sua vida na Terra das Monções no ano de 1985, como supervisor geral e químico responsável na Neobor Ind. e Comércio Ltda., cargo que exerceu durante 15 anos.
Participou, ativamente como carnavalesco, das Escolas de Samba Mocidade Independente, Comilão e Águia da Vila América, totalizando mais de dez anos de colaboração. Não podemos também nos esquecer da sua participação na área esportiva, vestindo as camisas do E. C. União, Bom Sucesso, Atlético F. C., Associação Atlética Portofelicense e, jogando atualmente, no Amigos do Rei. Conhecido como Benê, hoje, além de atuar como Conselheiro Municipal do Negro de Porto Feliz, é diretor da Rimapri Distribuidora de Produtos para Borracha, gerando empregos em nosso Município.Por tudo isso e muito mais, é que nosso querido Benê merece ser homenageado com o Título de Cidadão Portofelicense.

João Batista Ercolin
Indicação do vereador Marco Antonio Campos Vieira
João Batista Ercolin nasceu em 18 de Outubro de 1929 na cidade de Tietê. Residiu em um sítio e cursou até o quinto ano do ensino médio. Casou-se em 1957 com dona Cacilda Capelini Ercolin e teve dois filhos, um deles já falecido. Mudou-se para Porto Feliz e abriu em 1960 a “Cantina das Monções”, na Praça José Sacramento e Silva, frequentada até hoje por várias gerações.
Marido, pai, amigo e cidadão exemplar, o título de cidadão portofelicense ao Senhor João é mais que merecido, porque ele honra com distinção a nossa cidade, a qual abraçou como sua, prestando vários e relevantes serviços aos portofelicenses.

Sedirley Rugolo
Indicação do vereador José Geraldo Pacheco da Cunha Filho
Proprietário da Empresa DEGRADE, localizada a margem da Rodovia Marechal Rondon em nosso município, emprega muitos portofelicenses, sendo querido por seus funcionários.Por paixão e dedicação aos cavalos ele e sua família se empenharam para concretizar um sonho em comum: a construção do Haras Raphaela.
Localizado na divisa de Porto Feliz/Tietê, em uma área de 33 alqueires, o sonho não se resumiu apenas ao Haras, então idealizaram e construíram um recinto de eventos, considerado hoje um dos maiores e mais bem estruturados do Brasil para a realização de eventos eqüestres.
Neste pouco tempo de existência, já sediou alguns dos maiores campeonatos da atualidade, recebendo renomados cavaleiros e amazonas que elegeram o recinto do Haras Raphaela como local ideal para receber campeonatos nacionais e internacionais de Hipismo, com localização estratégica consegue atender o elevado número de participantes de provas que cresce vertiginosamente. Toda essa movimentação gera um aquecimento do mercado de trabalho de Porto Feliz, comércio, fornecedores de alimentos, bebidas, arranjos florais, aluguel de equipamentos, rede hoteleira, imprensa, etc.
Esta justa homenagem a esse cidadão é mais que merecida pelos relevantes serviços prestados ao nosso município.

Paulo Kaneichi
Indicação do vereador José Geraldo Pacheco da Cunha Filho
Quem passa pelo centro da cidade não consegue resistir à tentação de apreciar o pastel do japonês. Instalada em Porto feliz há mais de 22 anos, a pastelaria Kaneichi, conhecida como Pastelaria do Japonês, conquistou ao longo dos anos a credibilidade e confiança dos consumidores portofelicenses. Seu Paulo como é carinhosamente chamado pelos amigos e fregueses veio para a nossa cidade a mais de duas décadas, para administrar a Fazenda CAIC, mas após a Fazenda se transformar em um assentamento no final de 1986, ele e sua família seriam transferidos para outra cidade do interior. Como já tinha muitos amigos aqui, resolveu abrir um estabelecimento comercial. Na época ele cursava Direito e por sugestão de um amigo ele abriu uma pastelaria, pois Porto Feliz não tinha nenhuma
. Quando começou não tinha nenhuma experiência no ramo, mas graças ao seu esforço e da sua família e junto com a força de vontade de fazer sempre o melhor, conquistou o espaço e tornou-se tradicional na cidade.
Cidadão exemplar, o título ao seu Paulo, é mais que merecido, porque ele honra com distinção a nossa cidade, que abraçou como sua, através dos relevantes serviços prestados a toda coletividade portofelicense.

Dr. Jorge Panserini
Indicação do vereador Ednilson de Jesus Macedo
Nascido em Capivari, Dr. Jorge Panserini formou-se técnico em contabilidade pela Escola Técnica de Comércio de Capivari em 1977. Ingressou no Poder Judiciário do Estado de São Paulo nas funções de Oficial Judiciário e Escrevente entre 1981 e 1985. Formou-se bacharel em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba, em 1983 e ingressou na magistratura paulista em 22 de março de 1985. Foi Juiz Substituto na 34ª Circunscrição Judiciária de Piracicaba, Juiz de Direito nas Comarcas de Piracaia, Cerquilho e 1ª Vara de Porto Feliz, esta última desde maio de 2004. Aqui acumulou funções de Diretor do Fórum, Juiz Eleitoral, Corregedor da Polícia Judiciária, Juiz da Execuções Penais e outras.
Dr. Jorge Panserini tem ligações com Porto Feliz desde a infância, quando aqui seu avô Hermínio José Panserini foi empresário e prestou relevantes serviços à comunidade a ponto de ser homenageado dando nome a uma via pública. Por toda essa ligação e serviços prestados nas funções que exerce em nosso município Dr. Panserini merece o título de cidadão portofrlicense.

João Esquerdo
Indicação da vereadora Miraci de Lázara Tuani Flosi
João Esquerdo nasceu na cidade de Agudos, no dia 22 de Janeiro de 1924. Fundou e era proprietário da Empresa que fazia o transporte de passageiros de Porto Feliz à Sorocaba, conhecida na época como “Empresa de Ônibus João Esquerdo”.
Foi então que iniciou o seu trabalho em Porto Feliz, com apenas 14 anos de idade, e era o Cobrador do ônibus, permanecendo nessa empresa de 1.938 até 1970, durante 32 anos com essa linha de ônibus Porto Feliz-Sorocaba, sendo a sua sucessora, atualmente, a Auto Ônibus São João Ltda.João Esquerdo sempre teve muitos amigos e muito amor à terra de Porto Feliz, tanto que entre os anos de 1960 a 1963 foi Vereador na Câmara Municipal de Porto Feliz. Sempre procurou de alguma forma ajudar a Santa Casa de Misericórdia de Porto Feliz que enfrentava grandes dificuldades.
Portanto, não poderíamos deixar de prestar essa justa homenagem a esse ilustre Senhor, concedendo-lhe o Título de Cidadão Portofelicense pelos relevantes serviços prestados ao Município de Porto Feliz.

Dirce Cernichiaro de Oliveira
Indicação do vereador Roberto Brandão Rodrigues
Dirce Cernichiaro de Oliveira, nascida na cidade de Assaí, Estado do Paraná.
É casada com Paulo de Oliveira, popularmente conhecido em nossa cidade como “Toledinho”.Dirce cursou o Ginásio, hoje ensino fundamental, em Jataizinho, Paraná, cidade próxima a sua terra natal. Em Porto Feliz, recebeu uma bolsa de estudos do Tenente Genésio, o que lhe permitiu estudar e se formar em Técnica em Contabilidade na escola do Zezito.
Começou a trabalhar como balconista no Supermercado Supertuba e por lá permaneceu durante 9 anos. Atualmente trabalha na Paula Modas, sendo que já completou 8 anos recebendo os clientes de maneira simples e simpática, o que lhe rendeu muitas amizades, principalmente junto aos clientes idosos.
Essa mulher, esposa, mãe, avó, irmã e amiga, personifica todos aqueles em nosso município que atendem aos seus clientes, sempre com um sorriso e dedicação no seu trabalho e por isso merece o título de cidadã portofelicense.

Rubens Campanhão
Indicação do vereador Marco Antonio Campos Vieira
Rubens Campanhão nasceu em Monte Azul Paulista e mudou-se para Porto Feliz há 57 anos e seu primeiro emprego foi como chapista na Gráfica José Motta.
Após dois anos trabalhando no local, Motta colocou a gráfica à venda. O senhor Rubens interessou-se pela compra e pediu ajuda ao pai para adquiri-la. Em agosto de 1954 a gráfica passou a se chamar Campanhão e Sampaio.
Nessa mesma época ele se casou com dona Maria Helena Sampaio e decidiu fixar residência aqui. Com trabalho árduo e visando a qualidade dos produtos a empresa faz 55 anos de boas impressões e hoje, com a ajuda dos filhos e netos, emprega seis funcionários. Orgulha-se do que construiu com tanto amor continuar nas mãos de sua família.
Marido, pai, amigo e cidadão exemplar, o título de cidadão portofelicense ao Senhor Rubens é mais que merecido, porque ele honra com distinção a nossa cidade, a qual abraçou como sua.

Frei Eugênio Milani
Indicação do vereador José Geraldo Pacheco da Cunha Filho
O Senhor Eugênio Milani, nasceu em Tietê-SP e ingressou na formação religiosa aos 19 de março de 1984 no Noviciado Monte Alverne, na cidade de Pindamonhangaba-SP. Ali concluiu o Postulantado e o Noviciado recebendo o título de Frei Eugênio Milani, quando oficialmente ingressou na Congregação dos Irmãos dos Pobres de São Francisco. Emitiu os votos temporários em 25 de dezembro de 1986 e os votos perpétuos em 21 de julho de 1991; permanecendo na cidade de Pindamonhangaba-SP até 1989 quando completou seus estudos do ensino médio; sendo transferido para o Lar Monsenhor Felipo, em Potim-SP.
Durante este período exerceu suas atividades pastorais junto a menores carentes assistidos pelo Lar Monsenhor Felipo. Em 12 de janeiro de 200, Frei Eugênio Milani, assumiu a Paróquia São João Batista nesta cidade, sendo Pároco e tendo sob sua jurisdição as comunidades São Francisco de Assis, Nossa Senhora da Ponte, Nossa Senhora das Graças, Santa Cruz e a Matriz São João Batista, como também várias comunidades rurais abrangidas pela Paróquia e a Cidade dos Velhinhos onde presta toda assistência espiritual a seus moradores.
Por toda a sua longa dedicação a esta cidade, a sua Paróquia e a todos os seus paroquianos, levando o conforto espiritual, sendo discípulo e missionário de Jesus; Frei Eugênio Milani, CFP é merecedor do título de “Cidadão Portofelicense”.

Rita Passos
Indicação do vereador Claudio dos Santos (Marola)
Rita de Cássia Trinca Passos, Deputada Estadual do Partido Verde, é de uma família de políticos. Mora em Itu há mais de 20 anos, desde que se casou com Herculano Passos Jr, atual prefeito reeleito daquela cidade, com quem teve duas filhas: Juliana e Renata.
Formada em Pedagogia, com especialização em Magistério e Administração Escolar, Rita Passos também é corretora de imóveis credenciada pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis – Creci. Além disso, é empresária. Há quase 15 anos gerencia uma franquia de correios na cidade de Sorocaba.
Como presidente do Fundo Social de Solidariedade de Itu, inovou o conceito de solidariedade, introduzindo duas orientações básicas: assistência social e capacitação profissional. Implantou 35 cursos profissionalizantes, inclusive com a inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais. Eleita logo na sua primeira candidatura à Assembléia Legislativa, Rita Passos obteve a maior votação de uma candidata do Partido Verde até hoje. Foram quase 80 mil votos.
Como Deputada Estadual e integrante ativa do Partido Verde, foi autora da lei que instituiu a “Política Estadual de Educação Ambiental”, que serve como referência para o Brasil e até para outros países. Hoje é presidente municipal do Partido Verde na cidade de Itu e desenvolve importante papel de liderança política: além de promover campanhas de filiações, colabora para a formação de diretórios partidários em todas as cidades que compõem a região definida pelo PV como Bacia 12.
Especificamente para a cidade de Porto Feliz, a Deputada Rita Passos, desde o início de seu mandato, vem atuando no sentido de obter recursos junto ao governo estadual com o objetivo de melhorar as condições e a qualidade de vida de todos os moradores da cidade. Entre essas conquistas, destacam-se: destinação de verba à Apae para a construção de sala de hidroterapia e à entidade “Cidade dos Velhinhos”, visando a instalação de cozinha, a autorização do governo do Estado para a instalação de uma Escola Técnica - ETEC no município, pleito junto ao DER visando o asfaltamento da estrada vicinal Bom Retiro, com 18 kms de extensão.
Por tudo que já por Porto Feliz é mais que merecedora do Título de Cidadã Portofelicense.

João Luiz de Oliveira
Indicação do vereador Marco Antonio Campos Vieira
Nascido na cidade de Garça-SP, filho de João de Oliveira (comerciante) e Julieta Gersely de Oliveira (dona de casa), 62 anos, é Supervisor de Ensino da Diretoria de Ensino – Região de Itu, supervisionando a grande maioria das escolas públicas e particulares de Porto Feliz, desde 2006. É formado em Pedagogia pela Faculdade Pinheirense (São Paulo-SP) e Artes Dramáticas pela USP. Fez diversos cursos e estágios e participou de congressos e conferências na área da educação.
Foi Dirigente Regional de Ensino em Cotia-SP e Delegado de Ensino em Taboão da Serra-SP e Cotia-SP. Foi diretor do GRES Acadêmicos da Barra e membro do Conselho Municipal de Turismo.Tem participação ativa em diversas atividades portofelicenses desde 1979. Segundo ele, “nasci em Garça, mas escolhi Porto Feliz para viver e morrer”.
Atualmente é empresário; diretor do Grupo Hotel 5 Estrelas (teatro) e membro do Conselho Municipal da Defesa do Patrimônio Histórico.

Hélio de Barros
Indicação do vereador José Geraldo Pacheco da Cunha Filho
O 1º Tenente da Reserva PM Hélio de Barros, natural de Tatuí (SP), foi Comandante da Guarda Civil Municipal de Porto Feliz do ano l993 a l996, por indicação do Coronel PM Assunção, então Comandante Geral da Policia Militar ao Prefeito Municipal Luiz Antonio de Carvalho Neto. Como Comandante da Guarda Civil Municipal de Porto Feliz reformulou toda a Corporação, atualizando, desenvolvendo e criando:
l)- Escola de Formação de Guardas Civis Municipais para atualização, reciclagem funcional e formação de novos guardas civis municipais.
2)- Aumentou o efetivo da Corporação
3)- Criou o Quadro Hierárquico,através de concurso interno
4)- Criou o Quadro de Guarda Civil Municipal Feminino
5)- Pela relevância e destaque do trabalho do Tenente Helio , a Guarda de nossa cidade foi procurada pelas Prefeituras das Cidades de Boituva, e Cerquilho, onde o Tenente Helio preparou toda documentação e curso para a formação da escola dessas Corporações, sendo que a Guarda de Boituva o Curso de Formação de Guarda foi ministrada em Porto Feliz.
6)- Criou o “ Diploma de Amigo da Guarda Civil Municipal o qual era entregue em solenidade cívica na abertura da “Semana do Aniversário de Porto Feliz “ , homenageando autoridades do Estado, Região e da Cidade, elevando assim o nome da Comunidade Portofelicense.
Colaborou como colunista com os Jornais “Tribuna da Monções e “JP Porto”, com artigos alusivos da nossa cidade.
Participativo, solícito e cheio de iniciativas na melhoria de vida da comunidade esteve sempre presente em todos os eventos, onde angariou respeito, gratidão e muita amizade de nossa gente. Por tudo isso é mais que merecido o título de cidadão portofelicense.
Títulos de Servidor Público Padrão

Evair Portes de Almeida
Indicação do vereador Ednilson de Jesus Macedo
Evair Portes de Almeida, mais conhecido como LICA, começou sua trajetória na Prefeitura Municipal de Porto Feliz em 24/11/1981, aos 14 anos de idade, onde iniciou limpando paralelepípedos com martelinho durante 2 anos, passando a trabalhar varrendo ruas. No ano de 1984 passou a trabalhar como servente de pedreiro, onde pode aprender sobre o oficio e ajudar no desenvolvimento do serviço no município. Depois, já passando a maioridade, começou a trabalhar de motorista e com Jipe abastecia as máquinas.
Trabalhou no caminhão de recolhimento de lixo durante 2 anos e com um caminhão trucado fazia coleta de galhos e entulhos. Trabalhou no plantão com a Ambulância e nos dias atuais trabalha na Promoção Social, desenvolvendo a função como motorista e ajudando em todos os setores da Prefeitura Municipal.
Além de todos esses trabalhos realizados com lealdade e integridade, Lica faz um trabalho com dependentes químicos. Portanto, o titulo de Servidor Público Padrão é mais que merecido pelo exemplo de simplicidade, honestidade e fidelidade com o município de Porto Feliz desse cidadão.

Maria de Lourdes Scarpari Pires
Indicação do vereador José Geraldo Pacheco da Cunha Filho
Maria de Lourdes Scarpari Pires é formada em Técnico em Contabilidade, na Escola Monsenhor Séckler. Trabalhou dos 14 aos 16 anos na Fábrica de Chapéu NACAR Ltda. Também trabalhou com seu pai na fábrica de vassouras São João de propriedade da família.
Seus últimos trabalhos antes de se tornar funcionária da Câmara Municipal foram na fábrica de tecidos Nossa Senhora Mãe dos Homens, de 1977 a 1979, depois no Unibanco de 1979 até 1987.
Em 1988, foi contratada para trabalhar na Câmara Municipal, por indicação do então Presidente da Câmara , Ivan Leite. Em 1989, por exigência do Tribunal de Contas, prestou concurso público como servente, sendo aprovada em 1º lugar. Em 1998, sua função passou a ser Servente/Xerocopista, onde permanece até hoje, prestando serviços principalmente na extração de cópias de documentos aos funcionários e vereadores, no atendimento sempre cordial a todos que a procuram e colabora também com a organização e realização dos eventos, tais como sessões solenes, etc.Pelo tempo que trabalha no serviço público, ela é carinhosamente chamada na cidade como Lurdinha da Câmara.
Portanto o titulo de Servidora Pública Padrão, é mais que merecido, pelo conhecimento e atenção que presta a todos na Câmara Municipal, sem distinção. É um verdadeiro exemplo de cidadã e funcionária pública.

Títulos de Policial Padrão

Cabo PM Jonas Guilherme da Costa

Por indicação do Capitão PM Comandante Kleber Vieira Pinto, o Cabo PM Jonas Guilherme da Costa é o contemplado de 2010 como Policial Padrão por seus relevantes trabalhos realizados no desempenho de suas missões.

GCM Arnaldo Ricardo Franco Bueno
O Comandante GCM Pedro Ernesto Segura, em cumprimento a Lei 4.341, de 05 de maio de 2006, indica o GCM Arnaldo Ricardo Franco Bueno como o Policial Padrão de 2010, após efetuado o processo eleitoral entre os servidores daInstituição.

Karen Cristiane de Queiroz
A Delegada de Polícia, Dra, Nuris PePegoretti, indica Karen Cristiane de Queiroz como Policial Civil Padrão do ano de 2010 por sua performance na execução de seus trabalhos.

Heverton Mendes de Oliveira

O 2º Sargento e Comandante da Base de Bombeiros de Porto Feliz, José Paulo Vieira de Barros, fez a indicação do Cabo PM Heverton Mendes de Oliveira para o título de Bombeiro Padrão, considerando sua dedicação e participação em ocorrências de destaque.

Fonte:  A.I. Câmara

Comentários

Voltar